Verão, do corpo à alimentação, a importância da água!

Verão, do corpo à alimentação, a importância da água!

Os longevos devem tomar água com certa frequência durante o dia.


A Organização Mundial da Saúde – OMS, afirma que um adulto de 60kg deve beber pelo menos 2,5 litros de água por dia. O recomendável é tomar um pouco de água, chá ou suco a cada hora e ao levantar-se da cama, ainda em jejum, ingerir o primeiro copo de água do dia.

Para os longevos é fundamental que tomem água com certa frequência durante o dia. Tenho uma amiga que coloca o “timer” do celular para lembrá-la de tomar água.

E, você, lembra de tomar água? Cuidado, pois o fato de sentir sede pode já ser sinal de início de desidratação, você sabia? A maioria das pessoas acaba esquecendo, deixando de lado essa necessidade vital ao organismo. A água é estímulo vital para melhor desempenho do cérebro.

No verão, a água é um item a ser lembrado e relembrado no cuidado com a alimentação e o corpo. O importante é garantir que a pessoa idosa, e vale para outras idades também, permaneça com a imunidade saudável e bem hidratada, principalmente nessa estação do ano.

Lembramos que escolhas simples do dia a dia moldam toda a vida. Vejamos alguns itens importantes já bem conhecidos.  

1 – Hidratação Adequada: As pessoas idosas têm tendência a desidratarem-se mais facilmente. O Incentivo à ingestão regular de água, sucos naturais, chás quentes ou gelados ao longo do dia, são bem-vindos! Pensemos também em alimentos ricos em água, como: melancia, melão, abobrinha, pepino e morangos.  As sopas frias como o gaspacho também podem contribuir para a hidratação.

2 – No verão é bom também evitar Alimentos Pesados. Refeições leves são mais bem toleradas durante o calor.  Evite pratos muito gordurosos – Opte por porções menores e refeições mais frequentes ao longo do dia.

3 – Incentivamos o consumo de alimentos ricos em potássio, como bananas e laranjas.

4 – Proteção Solar e Vitamina D: É saudável a exposição solar controlada para a produção de vitamina D, mas sempre com proteção solar adequada.

5 – Independente da idade, controle de sal: Mantenha um equilíbrio adequado de sal em todo o cardápio, inclusive os escondidos, como os embutidos, para evitar desequilíbrios e inchaços em partes do corpo. A dica é, saborizar o sal misturando ervas secas para diminuir a quantidade de sal que seria utilizada em cada receita.

Algumas sugestões de receitas para o verão

– Saladas coloridas com folhas frescas variadas, vegetais cozidos (vagem, cenoura, brócolis) e algumas frutas para colorir como manga, morangos.

– Carpaccio de vegetais e de frutas.

– Salada de frutas frescas ou espetinhos de frutas, muito coloridos.

– Salada caprese com tomate, mozarela de búfala e manjericão.

– Salada Crocante com nozes ou castanhas, folhas verdes com abacate e morangos.

– Ceviche de peixe branco ou camarões. Adicione limão, coentro, cebola roxa e pimenta dedo de moça para um toque refrescante.

– Sopa fria de tomate, pimentão, pepino e cebola. Sirva gelada e decore com croutons, ovos, azeitonas e ervas à parte. Passo a passo da receita abaixo.

– Wraps e sanduíches leves: Wrap de frango grelhado com vegetais frescos.

– Dar preferência a alimentos variados de origem vegetal, in natura ou minimamente processados, fazem parte da receita para viver bem, reescrito pelo Guia Alimentar para a População Brasileira.

Recebe as últimas notícias!

Não perca nenhuma notícia, receba cada matéria diretamente no seu e-mail!

Junte-se a 95 outros assinantes

– Sanduíche de salmão defumado com cream cheese e pepino.

– Servir à mesa sempre água saborizada com: galhos de ervas frescas (hortelã, manjericão) frutas frescas em pedaços ou especiarias (canela, anis estrelado ou cravo)

Importante: Não se esquecer de ter clara a capacidade de alimentação da pessoa idosa, considerando a mastigação e alimentos fáceis de digerir. Nas técnicas de preparo dê preferência às cozidas no vapor, reduzindo o risco de infeções alimentares para alguns alimentos.

Carpaccio rápido de abobrinha

O Carpaccio de Abobrinha é uma receita rápida e simples para entradas, acompanhamentos e tira-gosto, acompanhe, no vídeo abaixo, o  passo a passo, receitas e dicas com segredos do chefe.

Ingredientes
2 abobrinhas pequenas ou 1 grande fatiada bem fina
Brotos de ervas frescas ou ervas picadas (cebolinha, salsa /coentro)
30g de queijo parmesão ralado grosso
A gosto, castanhas de caju ou castanhas do Pará picadas ou laminadas

Molho especial
Ingredientes
11/2 colher de sopa de Mostarda Dijon
3 colheres de azeite de oliva
5 colheres de sopa de suco de laranja natural
½ colher de café de sal ou flor de sal (salpicar)
1 colher de café de Mel de abelha (clarinho)

Modo de Preparo
Fatiar as abobrinhas bem fina
Higienizar as ervas – Ralar o queijo parmesão e as castanhas

Molho Cremoso
Bater por 2 a 3 minutos, com fouê ou com auxílio de 2 garfos: o azeite, o suco de laranja, a mostarda, o mel o sal.

Montagem
Em prato onde será servido, coloque as abobrinhas fatiadas e cruas, salpique um pouco do molho, depois o queijo ralado, o caju e finalize com brotos ou ervas frescas! Vale a pena, é delicioso e saudável.

Sopa fria deliciosa com acompanhamentos (gaspacho)

Pratos leves, frescos, costumam ser uma escolha para ajudar a lidar com o calor. Há uma resistência grande entre os brasileiros para prepararem e consumir a sopa fria, mas essa sugestão vale a pena ser feita e servir com os acompanhamentos à parte! 

Ingredientes da sopa fria
600g de tomates concasse (sem pele e sementes)
100g pepino caipira sem casca e sem sementes (1/2 unidade do grande)
100g de pimentão vermelho sem sementes e de preferência sem pele.
1 cebola
2 fatias de pão de forma de forma ou francês com ½ xícara de água
20 ml de azeite
15 ml de vinagre de maçã
Sal a gosto
1 de dente de alho pequeno
Opcional: 15g de pimentão verde (para decorar)

Modo de Preparo
Faça croutons de alho com 1 fatia de pão e azeite de alho e reserve.    Assar no forno ou micro-ondas.

Amoleça o pão em suco de tomate fresco, preparado por você, e reserve.

Bata no liquidificador até virar purê: o pão amolecido, os vegetais, o sal, o vinagre, o azeite e o alho.

Tempere com molho de pimenta e acerte o sal, se necessário.

Sirva gelado (com cubos de gelo), acompanhado e azeitonas pretas picadas, cebolinhas verdes, salsa e ou coentro, ovos cozidos picados, torradas ou croutons (separado em potes)! E outras sugestões que criar na hora de servir.

Foto destaque: Karolina Grabowska/pexels


Ana Maria Ruiz Tomazoni

Ana Maria Ruiz Tomazoni - Doutora em Educação (PUC-SP), Mestre em Gerontologia Social (PUC-SP) e Pós-Graduada em Hotelaria e Eventos pelo Senac SP. É fundadora e Diretora Pedagógica da Escola de Gastronomia Sabor & Saber. Atua como docente, educadora alimentar, pesquisadora, escritora e palestrante. É avó de 7 netos e uma eterna aprendiz. E-mail: [email protected]. Site: www.saboresabergastronomia.com.br. Facebook Sabor & Saber Gastronomia. Instagram: saboresabergastronomia

Compartilhe:

Avatar do Autor

Ana Maria Ruiz Tomazoni

Ana Maria Ruiz Tomazoni - Doutora em Educação (PUC-SP), Mestre em Gerontologia Social (PUC-SP) e Pós-Graduada em Hotelaria e Eventos pelo Senac SP. É fundadora e Diretora Pedagógica da Escola de Gastronomia Sabor & Saber. Atua como docente, educadora alimentar, pesquisadora, escritora e palestrante. É avó de 7 netos e uma eterna aprendiz. E-mail: [email protected]. Site: www.saboresabergastronomia.com.br. Facebook Sabor & Saber Gastronomia. Instagram: saboresabergastronomia

Ana Maria Ruiz Tomazoni escreveu 40 posts

Veja todos os posts de Ana Maria Ruiz Tomazoni
Comentários

Os comentários dos leitores não refletem a opinião do Portal do Envelhecimento e Longeviver.

Descubra mais sobre Portal do Envelhecimento e Longeviver

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading