Esquecimento para idade existe?

Esquecimento para idade existe?

Neste texto quero abordar o que realmente pode ser considerado parte do envelhecimento normal da memória e raciocínio


É extremamente comum na rotina dos profissionais de saúde encontrar paciente com queixas da memória e do raciocínio. Tão comum quanto a presença das queixas é uma ideia pelas famílias, cuidadores e demais pessoas que isto pode ser normal pela idade. “Ele está esquecido, mas com esta idade né? Já era de se esperar”, “Ele está mais esquecido e devagar doutor, mas com certeza deve ser a idade”. É frequente termos este tipo de pensamento em relação ao envelhecimento. Neste texto quero abordar o que realmente pode ser considerado parte do envelhecimento normal da memória e raciocínio, para nos próximos textos abordarmos os sinais de alarmes para uma possível doença, como Alzheimer, e outras demências.

Primeiro, precisamos ter em mente dois conceitos. O primeiro é que existe sim uma diminuição da capacidade de memória e raciocínio com o envelhecimento. O segundo é que isto acontece de forma variada, pois cada indivíduo apresenta educação e acúmulo de experiências de forma diferente durante a vida, e estas características vão ser cruciais para interpretar tais queixas.

A memória episódica, a função executiva e a velocidade de processamento são os domínios específicos mais afetados pelo envelhecimento normal. Estas são mudanças que ocorrem, sobretudo, após os 60 anos.

A memória episódica preocupa-se com experiências pessoais (portanto, também chamadas de autobiográficas): o café da manhã que você tomou naquela manhã, o terno que você usou na festa da noite passada, tais eventos episódicos são importantes para as atividades do dia a dia. Com o envelhecimento pode se tornar mais difícil lembrar de tais eventos.

A velocidade de processamento é definida como a capacidade mental de processar rapidamente uma informação: codificar, transformar e recuperar. A velocidade de processamento diminui com a idade e pode contribuir para a produção de fala mais lenta dos adultos mais velhos.

A função executiva pode ser definida de forma bem simplificada. A memória e raciocínio necessário para planejar e executar uma tarefa é algo necessário para que uma pessoa idosa administre com sucesso suas próprias medicações, ou para organizar uma lista de compras e ir ao mercado escolher os produtos da lista. Mas os efeitos do envelhecimento podem dificultar o planejamento e execução de tais tarefas.

A capacidade de atenção diminui também com o envelhecimento. Em particular, há uma diminuição na capacidade de se concentrar em uma tarefa em um ambiente movimentado e na capacidade de realizar várias tarefas ao mesmo tempo.

Apesar da existência de um declínio com o envelhecimento, não é algo simples avaliar se isto corresponde a um processo de envelhecimento normal ou o início de uma doença. Portanto, a recomendação é que a pessoa idosa com dificuldades como as relatadas seja encaminhado para avaliação por um profissional com domínio no atendimento da memória, pois caso seja erroneamente classificado como normal pode ser a perda de uma janela de oportunidade de um tratamento.

O indivíduo, mesmo com mais de 90 anos, que envelhece com sucesso continua a ser capaz de funcionar na sociedade, no local de trabalho e em casa. Poucas situações da vida real exigem desempenho em níveis máximos, portanto a pessoa pode até ter mais dificuldade com os efeitos do envelhecimento. O fato de alguém não conseguir mais funcionar na sociedade e no meio que vive, é um alerta sobre a necessidade de ser avaliado por uma equipe de saúde.

Não perca nenhuma notícia!

Receba cada matéria diretamente no seu e-mail assinando a newsletter diária!

Referências

Wilson RS, Beckett LA, Barnes LL, et al. Diferenças individuais nas taxas de mudança nas habilidades cognitivas dos idosos. Envelhecimento Psicológico 2002; 17:179.

Neurociência Cognitiva do Envelhecimento: Vinculando Envelhecimento Cognitivo e Cerebral, Cabeza R, Nyberg L, Park D (Eds), Oxford University Press, Nova York 2004.

Tam HM, Lam CL, Huang H, et al. Diferença relacionada à idade nas relações entre velocidade de processamento cognitivo e estado cognitivo geral. Appl Neuropsicol Adulto 2015; 22:94.

Salthouse T. Consequences of age-related cognitive declines. Annu Rev Psychol. 2012;63:201-26. doi: 10.1146/annurev-psych-120710-100328. Epub 2011 Jul 5. PMID: 21740223; PMCID: PMC3632788.

Yang AC, Huang CC, Yeh HL, et al. A complexidade da atividade BOLD espontânea na rede de modo padrão está correlacionada com a função cognitiva em idosos normais do sexo masculino: uma análise de entropia multiescala. Envelhecimento Neurobiol 2013; 34:428.

Foto destaque de Ono Kosuki/pexels


Davi Wei Ming Wang

Médico pela Universidade Federal de São Paulo. Residência em Clínica Médica na (Unifesp/EPM). Programa de Residência Médica, Pós na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP): Programa de Residência em Geriatria, junto ao Departamento de Clínica Médica. Médico voluntário do Proter (Programa Terceira Idade do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo). Médico assistente nos hospitais: Hospital Israelita Albert Einstein/ Hospital Sírio Libanês/ Associação Beneficente Síria - Hospital do Coração (HCOR). Atua com os seguintes temas: Promoção de saúde e envelhecimento saudável; Tratamento de dores crônicas associadas a condições osteodegenerativas; e Queixas de memória. Instagram: https://www.instagram.com/dr.daviwang/

Compartilhe:

Avatar do Autor

Davi Wei Ming Wang

Médico pela Universidade Federal de São Paulo. Residência em Clínica Médica na (Unifesp/EPM). Programa de Residência Médica, Pós na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP): Programa de Residência em Geriatria, junto ao Departamento de Clínica Médica. Médico voluntário do Proter (Programa Terceira Idade do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo). Médico assistente nos hospitais: Hospital Israelita Albert Einstein/ Hospital Sírio Libanês/ Associação Beneficente Síria - Hospital do Coração (HCOR). Atua com os seguintes temas: Promoção de saúde e envelhecimento saudável; Tratamento de dores crônicas associadas a condições osteodegenerativas; e Queixas de memória. Instagram: https://www.instagram.com/dr.daviwang/

Davi Wei Ming Wang escreveu 13 posts

Veja todos os posts de Davi Wei Ming Wang
Comentários

Os comentários dos leitores não refletem a opinião do Portal do Envelhecimento e Longeviver.

LinkedIn
Share
WhatsApp
Email