Com a palavra, os velhos e velhas!

Com a palavra, os velhos e velhas!

Alguns velhos e velhas que fazem parte de meu círculo de amizades, pessoas concretas, de carne e osso, com nome, voz e rosto, são exemplos de participação contínua!


Como potencializar a voz e valorizar os velhos e velhas que conhecemos? Inspirada no livro  La parole des vieux, de  Dominique Argoud e Bernadette Puijalon (1999), resolvi trazer para este espaço alguns velhos e velhas que fazem parte de meu círculo de amizades. Pessoas concretas, de carne e osso, com nome, voz e rosto, pelos seus exemplos de vida e de contínua participação na sociedade.

Elídia, Arnaldo e Luiz inauguram as primeiras narrativas. Vamos conhecê-los?

Minha querida amiga Elídia

Elídia Novaes, 64 anos, é professora de inglês para quem odeia inglês. Também é tradutora e revisora. Trabalha com isso há 35 anos, mas com a pandemia deixou de ir à casa dos alunos e iniciou as aulas online.

Foi necessária e muito gratificante a adaptação ao modelo digital. Aprendeu a observa, a distância, se o aluno está focado; consequentemente, o tempo é otimizado. Habilidades superaram a forma antiga, o instrumental trouxe ganho, alunos crescem e aprendem, com enriquecimento para ambos.

Teve Covid-19 em 2021, ficando um mês e meio internada e quatro meses de cama. Sua recuperação veio com a vontade de retomar aulas e traduções.

Voltou à academia e, aos poucos, retomou o ritmo do seu cotidiano agitado.

Recomenda exercícios, considerando fundamental para a saúde física e psíquica de todos – a importância da preservação da Vida.

Fragilidade e finitude foram seu primeiro choque no entendimento da doença e na aproximação da morte. Contraditoriamente, redescobriu os irmãos e amigos, e essa experiência ampliou sua pulsão de vida!

Serviço
Instagram: @elidianovaes
E-mail: [email protected]

A história do Sr. Arnaldo, maravilhosa!

Arnaldo Goltcher, 79 anos, nasceu em Curitiba, filho de imigrantes ucranianos que chegaram ao Brasil em 1927. Tem uma ótica em São Paulo que existe há 42 anos no mesmo endereço, na Avenida Faria Lima, 1597, 4 andar. A rotina é trivial: banho às 6 horas, e 8:30 já está no trabalho. Faz pilates duas vezes por semana e ginástica funcional; cuida da alimentação, lê ininterruptamente e se adaptou ao Kindle.

Seu prazer é atender os inúmeros clientes, a maioria está com ele desde o início. Procura solucionar questões e desafios que chegam utilizando sua expertise em lentes e ótica. Todos os clientes são singulares, atendidos com muita alegria, e com isso vive recebendo avaliações positivas no Google. Só verificar!!!

Em 2022 voltou a Curitiba para ser (novamente) orador de sua turma de Farmácia e Bioquímica, depois de 50 anos.

Recebe as últimas notícias!

Não perca nenhuma notícia, receba cada matéria diretamente no seu e-mail!

Continuará com seus projetos e sonhos e quer ver seu trabalho prosperando. Acima disso, voltar a estudar História Clássica (gregos e romanos), história judaica onde está sua origem.

Serviço
goltcher@lucianamussi
[email protected]

O desafio do querido Luiz

Luiz Francisco de Novaes Souza, 66 anos, aposentado. Ele é formado em Economia, mas há 40 anos trabalha com Tecnologia da Informação.

É inquieto e simultaneamente foi praticar Dança de Salão. Foram 15 anos de prática, desafios, amizades e parcerias.

A atividade física sempre esteve presente: primeiro o basquete, como jogador, árbitro e treinador. Depois as Corridas de Rua, com treinos três vezes por semana, que fortalecem corpo e mente.

Tem dois filhos com Patrícia, e é participante e protagonista na criação deles.

Teve muitos desafios, pois nem tudo foram flores em sua vida:
– teve tuberculose aos 39 anos
– teve hepatite C aos 45
– teve câncer aos 58
– teve Covid-19 aos 63

Mas teve atitudes:
– Luiz sempre contou com o apoio da família e enfrentou os tratamentos com determinação e fé na cura.
– Faz check-up anual.
– Cuida dos amigos e familiares, e os apoia nos problemas de saúde.
– E ora pela lista de pessoas que trouxe para perto de si.

Reconhece que passar pelas dificuldades e poder voltar a uma vida normal, com a família, as corridas e o trabalho, é uma benção e motivo de muita alegria.

Em tempo
O livro  La parole des vieux, de  Dominique Argoud e Bernadette Puijalon, foi resenhado pela querida Vera Brandão na Revista Kairós-Gerontologia, ano 3-no.3, agosto de 2000, impressa.

Foto destaque de Sheep/pexels. Demais fotos: arquivo pessoal


https://edicoes.portaldoenvelhecimento.com.br/novo/courses/narrativas-cremilda/

Suely Tonarque

Psicóloga, mestre em Gerontologia Social pela PUC-SP. Empresária de moda. Autora do livro "Vestir com os Desafios do Envelhecimento" (Edições Portal, 2019). E-mail: [email protected]

Compartilhe:

Avatar do Autor

Suely Tonarque

Psicóloga, mestre em Gerontologia Social pela PUC-SP. Empresária de moda. Autora do livro "Vestir com os Desafios do Envelhecimento" (Edições Portal, 2019). E-mail: [email protected]

Suely Tonarque escreveu 10 posts

Veja todos os posts de Suely Tonarque
Comentários

Os comentários dos leitores não refletem a opinião do Portal do Envelhecimento e Longeviver.

LinkedIn
Share
WhatsApp
Email

Descubra mais sobre Portal do Envelhecimento e Longeviver

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading